«A Odisseia» sobre Jacques Cousteau em antestreia nacional na Ilha Terceira

«A Odisseia» sobre Jacques Cousteau 
em antestreia nacional na Ilha Terceira




O Cine-Clube da Ilha Terceira (CCIT), em parceria com a NOS Audiovisuais e com o apoio da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, leva a efeito a antestreia nacional do filme "A Odisseia", de Jérôme Salle, na ilha Terceira, no próximo dia 7 de junho, quarta-feira, pelas 21 horas, no pequeno auditório do Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo.


«A Odisseia» é o mais recente filme de Jérôme Salle e trata-se de uma emocionante aventura baseada nos factos verídicos da vida de um dos maiores exploradores, cientistas, inventores e documentarista do século XX, o genial Jacques-Yves Cousteau, que foi um dos maiores visionários do século XX. 

Documentarista, explorador, cineasta, oceanógrafo e inventor, Cousteau esteve sempre à frente do seu tempo e deu ao mundo um vasto e inédito conhecimento do maravilhoso da natureza e em particular dos oceanos. Fez parte ainda de várias gerações o deslumbramento que obtinham das viagens deste explorador a bordo do mítico Calypso, transmitidas semanalmente na televisão.

Mas nenhuma história de heroísmo é linear e fácil, e aquela que é contada em «A Odisseia» revela também faces dos dramas e dificuldades que foram necessários ultrapassar até Cousteau se tornar na quintessência do aventureiro e a verdadeira personagem de Júlio Verne no mundo real.



Em 1948, Jacques Cousteau (Lambert Wilson), a sua mulher (Audrey Tatou) e dois filhos vivem num paraíso, uma magnífica casa com vista para o Mediterrâneo. Apesar disso, Cousteau só consegue pensar em aventuras. A adaptação do regulador da garrafa de ar comprimido ao mergulho, uma conquista de Cousteau, permitiu-lhe descobrir um novo mundo subaquático. Agora, tudo o que ele quer fazer é explorar esse mesmo mundo e, para tal, está disposto a sacrificar tudo o que até agora alcançou.

Esta antestreia nacional que o CCIT promove na ilha Terceira a 7 de junho antecede a estreia nas salas de cinema nacionais no dia 8 de junho, Dia Mundial dos Oceanos.

Esta projeção, que será integrada no âmbito das atividades da plataforma Entre Mares, contará com a presença do Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia, Gui Meneses, e do Diretor e do Programador do Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela – Cine’Eco, Mário Branquinho e José Vieira Mendes.

Recorda-se que o CCIT diligencia junto do Governo dos Açores no sentido de obter financiamento para a realização do Festival Internacional do Mar e das Ilhas.

Mais informações:



Comentários

Mensagens populares deste blogue

"A Paixão de Van Gogh" | 19 Maio | 18h00 | Recreio dos Artistas

Cine Atlântico - Mostra de Cinema Português Mar e Ilhas

O Cine Atlântico homenageia o realizador António de Macedo