4ª Sessão da Extensão do CINE'ECO // 13 Março 21h00 | Recreio dos Artistas

4ª sessão da Extensão aos Açores | Terceira

do Festival Cine’Eco|Seia

Os documentários Fronteira Invisível, Atolados no Plástico e Monopólio dos Oceanos são os filmes que o Cine-Clube da Ilha Terceira, o Observatório do Ambiente dos Açores e Os Montanheiros, numa parceria com o Festival Cine’Eco|Seia, com a colaboração da Sociedade Filarmónica Recreio dos Artistas, apresentam na 4ª sessão da extensão do Festival Cine’Eco | Seia do corrente ano à ilha Terceira, que ocorre na terça-feira, dia 13 de março, pelas 21h00, na Recreio dos Artistas, em Angra do Heroísmo.
Fronteira Invisível (Frontera Invisible), de Nicolás Richat e Nico Muzi (Belgium / Argentina), 2016, 28’, é o testemunho fidedigno de comunidades encurraladas no meio da guerra mais longa do mundo, em que a febre da corrida ao óleo de palma para a produção de biocombustíveis “verdes” desalojou agricultores e grupos indígenas, devastou habitats naturais e concentrou os terrenos nas mãos das empresas. Fronteira Invisível dá voz a essas comunidades, ao mesmo tempo que denuncia as armadilhas das políticas atuais de incentivo aos biocombustíveis.
Atolados em Plástico (Jammed in Plastic), de Berta de Freitas, (Portugal), 2016, 30’ (RTP/Linha da Frente), refere-nos que o plástico veio facilitar a nossa vida mas é também cada vez mais um problema que ameaça não só os oceanos e a vida marinha, como também pode ter riscos para a saúde humana. Com duas famílias, uma do campo e outra da cidade, percebe-se quanto plástico consumem numa semana e os resultados foram surpreendentes. O filme dá-nos ainda a conhecer algumas das praias com mais lixo de plástico, e mais de 90 % desses objetos são mais pequenos que a tampa de uma garrafa. O microplástico é uma praga que polui o mar, a areia e contamina a fauna marinha. E as embalagens de plástico que utilizamos todos os dias, são seguras para a nossa saúde?
Monopólio dos Oceanos (Oceans Monopoly), de Alexander Lahl, Max Mönch (Germany), 2016, 52’,  ZDF/ARTE, Prémio Documentários e Reportagens para Televisão Competição de Curtas-Metragens Internacionais, Documentários e Reportagens para Televisão, revela-nos que os oceanos são o maior ecossistema do nosso planeta. Contêm habitats marinhos muito ricos em biodiversidade, mas que não deixam de ser extremamente frágeis.
Estes três filmes/documentários integram a 4ª sessão da Extensão aos Açores | Terceira do Festival Cine’Eco|Seia, que também decorrerá nas ilhas de São Miguel, São Jorge e Faial, em resultado de uma parceria entre o Cine-Clube da Ilha Terceira, a Câmara Municipal de Seia e instituições locais. Todas as sessões são sempre de entrada livre.

Na Terceira, ao longo das próximas terças-feiras, até ao dia 1 de maio, terão lugar sessões, divididas entre a sala de cinema da Sociedade Filarmónica de Instrução e Recreio dos Artistas, o Observatório do Ambiente dos Açores (na antiga Casa do Peixe) e Os Montanheiros encontrando-se a programação detalhada disponível em https://www.facebook.com/cineclubeilhaterceira, http://oaa.centrosciencia.azores.gov.pt ou http://www.montanheiros.com.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

"A Paixão de Van Gogh" | 19 Maio | 18h00 | Recreio dos Artistas

Cine Atlântico - Mostra de Cinema Português Mar e Ilhas

O Cine Atlântico homenageia o realizador António de Macedo